“A Grande Entrevista” Filme na Netflix: Uma história muito inglesa sobre os média ao mais puro estilo americano

A Grande Entrevista
Martin Cid Martin Cid

A Grande Entrevista é um filme da Netflix de 2024 estrelado por Gillian Anderson, Billie Piper, Rufus Sewell e Keeley Hawes. É dirigido por Philip Martin e escrito por Peter Moffat.

Gostam de jornalismo? Pode ser que o filme não reflita exatamente o que é, pode ser que tudo esteja um pouco idealizado e que o filme seja mais hollywoodiano do que realista neste sentido, mas se gostam desse mundo, “A Grande Entrevista” sabe conduzir um grande ritmo a nível cinematográfico e conseguir uma história que cativa e apaixona.

Idealizado, sim, mas apaixonado e bem contado, também-

A Grande Entrevista
A Grande Entrevista

Enredo

Jeffrey Epstein foi acusado em Nova York de prostituição infantil. Epstein suicidou-se na prisão, mas a sua história não acabou aí, e é que, do outro lado do Atlântico, o caso atingiu a Coroa Britânica e um dos seus representantes de mais alta estima: o Príncipe Andrew.

Esta é a história de como foi conseguida uma entrevista com o Príncipe Andrew mas é, sobretudo, uma história de duas jornalistas que deram tudo para obter a informação.

Sobre o filme

Tem sido acusado a “A Grande Entrevista” de não ser totalmente fiel à realidade jornalística, especialmente por parte de um filme que trata, precisamente, sobre a realidade jornalística e sobre as peripécias para conseguir uma entrevista. Tudo muito idealizado, tudo muito Hollywood. Nada a objetar, porque é totalmente verdade, mas também é verdade que, a nível cinematográfico e de roteiro, “A Grande Entrevista” alcança todos os seus objetivos.

“A Grande Entrevista” tem um roteirista estrela, daqueles que transformam em ouro tudo o que tocam, Peter Moffat, e um diretor (Philip Martin) que, além de diretor, é escritor e um especialista em comunicação e televisão. Juntos fazem um ótimo trabalho, talvez não excepcional a nível jornalístico, mas sim um ótimo trabalho ao nível que nos interessa, o cinematográfico, conseguindo conjugar uma história jornalística complexa, simplificando-a para torná-la acessível ao público e proporcionando-nos, acima de tudo, um grande entretenimento.

Tudo está idealizado, tudo decorre quase ao ritmo de um videoclipe, mas é eletrizante e tanto Gillian Anderson como Billy Piper fazem dois papéis fantásticos: dramáticos, com muita força. Elas encarnam perfeitamente estas duas mulheres no mundo hostil do jornalismo, totalmente clássico que se vê, também, em mudança.

“A Grande Entrevista” é mais um retrato do jornalismo do que uma investigação sobre o caso Epstein e quer ser mais divertido do que verídico e ter mais ritmo do que se deter em detalhes minuciosos sobre o caso.

Como sempre, agradará a uns e, a outros, nem tanto. Por aqui, que não nos dedicamos a esse jornalismo supostamente “sério”, adoramos o seu ritmo, as suas interpretações e a montagem.

Mas também não somos sensacionalistas, e “A Grande Entrevista” pareceu-nos, a nível cinematográfico, um grande filme.

Aproveitem!

Onde assistir “A Grande Entrevista”

Netflix

A estrela: Gillian Anderson

A Grande Entrevista
A Grande Entrevista

Gillian Anderson é uma atriz de renome conhecida pelos seus papéis versáteis tanto na televisão como no cinema. Ganhou amplo reconhecimento pela sua interpretação da agente especial do FBI Dana Scully na popular série televisiva “The X-Files”.

Partilhar este artigo
Seguir:
Escritor, fumador de cachimbo e fundador da MCM
Deixar um comentário